Na partida que marcou o regresso do público ao Benfica Futebol Campus, os adeptos, depois de aplaudirem o presidente Rui Costa à sua chegada à bancada, não demoraram muito tempo a celebrar os golos, uma vez que Vukotic e Henrique Araújo, ainda antes dos 20 minutos, já tinham colocado o marcador em 2-0.

Com João Ferreira e Paulo Bernardo, atletas que fizeram a pré-época na equipa principal das ‘águias’ no onze inicial, os anfitriões tiveram uma entrada forte perante um oponente que nunca mostrou argumentos para discutir o resultado.

Na primeira vez que chegou com perigo à baliza de Vagner, aos 12 minutos, o Benfica B chegou ao 1-0 por intermédio de Vukotic, que finalizou de cabeça, após cruzamento de Rafael Rodrigues.

O conjunto treinado por Nélson Veríssimo manteve a pressão sobre os madeirenses e, depois de uma perdida de Umaro Embaló aos 19 minutos, ampliou a vantagem por Henrique Araújo que aproveitou uma defesa incompleta de Vagner a remate de Vukotic para encostar para o 2-0.

Sem capacidade para reagir à desvantagem, os comandados de Costinha sofreram ainda antes do intervalo o 3-0. Na sequência de um livre no flanco esquerdo, a defesa madeirense não consegue tirar a bola da zona de perigo e João Ferreira, aos 45+3, aproveitou para inscrever o seu nome na lista de marcadores.

No arranque do segundo tempo, o Benfica B deitou por terra as esperanças dos insulares, que tinham lançado no jogo Alhassan e Bruno Gomes, em reentrar na discussão do jogo. Logo aos 47 minutos, Umaro Embaló ficou em posição privilegiada no interior da área e rematou cruzado para o 4-0.

Apesar de uma ténue reação do Nacional, que chegou a acercar-se com perigo da baliza defendida por Samuel Soares, só o Benfica B conseguiu mexer nas contas do marcador até ao final ao chegar ao 5-0, aos 90+2, por Luís Lopes. O avançado, que aos 87 minutos tinha substituído Henrique Araújo, encarregou-se de cobrar a grande penalidade depois de o próprio ter sido derrubado no interior da área.

Com o resultado de hoje no Seixal, o Benfica B ocupa a primeira posição da tabela classificativa, com três pontos, os mesmos que Rio Ave, Mafra, Sporting da Covilhã, Académico de Viseu e Penafiel, enquanto o Nacional está na última posição com zero pontos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.