Aos 29 anos e depois de uma temporada ao serviço do FC Porto, na qual fez 23 golos em 48 jogos, Mehdi Taremi garante que é feliz no clube portista, mas não descarta a possibilidade de deixar o Dragão.

"Vamos ver o que acontece. A decisão não é minha e tenho contrato com o FC Porto, onde estou feliz e confortável. Mas o futebol é um negócio. Podem acontecer coisas e o clube pode ter de te vender por questões financeiras, mesmo precisando muito de ti", começa por explicar em declarações ao jornal desportivo O Jogo.

O iraniano lembra ainda que uma eventual transferência inclui vários fatores. "Depende sempre da equipa que me quisesse ou do que o FC Porto tem em ideia para o futuro. Nada é certo", acrescenta.

Apesar de se ter tornado uma peça fundamental no plantel de Sérgio Conceição na época transata, Taremi confessa que a adaptação ao clube foi complicada.

"Todos os treinadores têm os seus gostos e opiniões e não podes obrigá-los a adaptarem-se a ti. Na opinião dele [Conceição], eu precisava de algum tempo para me integrar na equipa. Os jogadores que já estavam no FC Porto estavam em harmonia uns com os outros. Ele preferiu que eu fosse integrado mais tarde. No geral, considerando as circunstâncias, quando penso que podia ter entrado mais cedo, agradeço a Deus que tenha trabalhado bem e que o treinador tenha, no final, ficado satisfeito comigo", remata o avançado iraniano de 29 anos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.