“Senti que tinha de dar um passo em frente. O Boavista abriu-me as portas e só tenho de agradecer. Sou um ponta de lança que faz golos, mas que também se movimenta bem à procura de espaços para ajudar os colegas”, explicou o dianteiro, de 17 anos, em declarações publicadas no sítio oficial dos ‘axadrezados’ na Internet.

Martim Tavares concretizou 72 golos em 94 jogos nas últimas cinco temporadas ao serviço de vários escalões de formação de FC Porto e Padroense, assumindo estar “mais do que preparado” para corresponder ao “grande espírito de conquista” do Boavista.

A formação de João Pedro Sousa estreou-se em 2021/22 no domingo, ao vencer no estádio do primodivisionário Marítimo (1-0), em jogo da primeira fase da Taça da Liga.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.