Jorge Jesus, treinador do Benfica, fez esta tarde a antevisão ao encontro com o Santa Clara. Em conferência de imprensa, o técnico português falou da responsabilidade dos encarnados e da COVID-19.

Responsabilidade do Benfica: "A responsabilidade é sempre a mesma, que é ganhar. Se consegues ganhar com uma grande exibição, ainda melhor. Mas sabemos o adversário que vamos encontrar. É um dos melhores adversários deste campeonato, está a fazer uma época excelente, está a explorar a possibilidade de entrar nos cinco ou seis primeiros lugares. É um adversário que já demonstrou que não é fácil de vencer, como contra o FC Porto e o Sporting. É uma equipa que joga bem, com uma ideia de jogo bem trabalhada, e isso são indicadores de que vamos ter um jogo difícil amanhã. O Benfica nem créditos tem. Já joga sempre para ganhar, mas agora, perdendo pontos, fica complicado em função do nosso concorrente que está à frente, que é o FC Porto. O outro tem muito mais pontos, uma coisa de cada vez. Tenho a certeza de que vamos ter momentos de jogo em que o Santa Clara nos vai complicar a vida. É uma equipa que defende bem, e estamos preparados para isso. Queremos ganhar. Se pudermos ganhar com uma boa exibição, melhor."

Otamendi é o jogador com mais amarelos: "É um jogador que, nos lances individuais, disputa com a agressividade do jogo, como qualquer defesa tem que fazer. Não é por aí que penso que está no limite do risco dos cartões. É um jogador que tem vindo a melhorar, e o facto de ser o jogador com mais cartões amarelos também tem muito a ver com a caraterística dele. Se calhar, o Jan [Vertonghen] é o que tem menos, porque poucas faltas faz."

Sem COVID-19, Benfica lutava pelo título? "Tenho a certeza, mas não quero falar mais sobre isso. Já foi em janeiro. Estávamos a discutir o título, mas era se não tivesse acontecido. No futebol, não há muitos 'ses'. Isto é como acaba, não é como começa. Neste momento, o Sporting tem vantagem sobre os dois rivais. O resultado contra o Gil Vicente tirou-nos alguma esperança de podermos chegar o mais perto possível do primeiro lugar. Não tenho dúvidas nenhumas de por que é que o Benfica perdeu estes pontos todos."

Benfica marca mais fora da Luz: "Na prática, não encontramos o porquê de acontecer. Há sempre uma justificação e uma resposta para tentar perceber. Nunca me debrucei sobre isso, mas se calhar é porque, quando o Benfica joga na casa dos rivais, as equipas jogam com outra expetativa de poder ganhar, não jogam tão fechadas. Poderá ser isso. Quando jogam no estádio da Luz, com ou sem adeptos, as equipas trazem uma tática muito mais conservadora. Faz parte da estratégia de todos os treinadores, não digo como uma crítica."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.