O Sporting está muito perto de quebrar o seu jejum de 19 anos e conquistar o título de campeão nacional de futebol. Tal pode acontecer já terça-feira, na receção ao Boavista, da 32.ª jornada da I Liga (ou até segunda-feira, se o FC Porto não derrotar o Farense).

Porém, o conjunto axadrezado segue 'com a corda na garganta' e luta desesperadamente pela permanência, ocupando para já o 16.º lugar na tabela classificativa, lugar que dita a participação num play-off com o 3.º classificado da II Liga para definir quem estará entre os 'grandes' em 2021/22.

Depois de ver a sua equipa ficar-se pelo empate (1-1) na receção ao Tondela no fecho da 31.ª jornada, o treinador do Boavista, Jesualdo Ferreira, fez questão de garantir que a turma do Bessa não irá a Alvalade para participar na festa do Sporting, mas sim para discutir o jogo e somar os pontos de que necessita para a manutenção.

"Vamos ter pouco tempo de recuperação e vamos fazer o jogo que pode consagrar o Sporting como campeão. Não vamos a Alvalade para participar na festa, mas sim discutir um jogo em que estão três pontos em disputa. Independentemente da motivação do Sporting, os nossos jogadores também a têm e o Boavista tem os seus próprios objetivos", sublinhou o experiente treinador.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.