O avançado do Rio Ave Galeno ficou hoje de fora devido a apresentar estado gripal e febre, antes do jogo com o Marítimo, que os vila-condenses venceram por 2-0, da 19.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

No final da partida, antes de o treinador Daniel Ramos falar aos jornalistas, o diretor de comunicação do Rio Ave, Marco Carvalho, revelou a razão para a ausência do jogador brasileiro, que tinha regressado à convocatória depois de cumprir um jogo de suspensão.

"O Galeno viajou com a equipa ontem [domingo]. Já apresentava estado gripal com febre quando saímos do Porto. Ainda assim, viajou para ver como reagia à medicação. Hoje, acabou por ficar no hotel. Vai agora ao aeroporto, porque estava com 39º de febre, razão pela ausência na convocatória", adiantou Marco Carvalho.

O extremo, de 21 anos, que está emprestado pelo FC Porto, tem 25 jogos realizados e oito golos apontados esta época no Rio Ave.

Mesmo sem Galeno, o Rio Ave venceu hoje o Marítimo nos Barreiros, por 2-0, com golos de Diego Lopes (52 minutos) e João Schmidt (90+1), de grande penalidade, no primeiro triunfo do técnico Daniel Ramos, que colocou um ponto final numa série de dez jogos sem ganhar.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto