O presidente do Sporting, Frederico Varandas, médico de profissão e capitão do Exército, concluiu hoje, com o fim do estado de emergência, a requisição para prestar apoio no Hospital Militar, anunciou o próprio, nas redes sociais.

“Hospital Militar de Belém (CAM-Centro Apoio Militar Covid-19). Seis meses, mais de 30 horas por semana. Feito. A todos os camaradas militares e a todo o pessoal civil com quem trabalhei... o meu obrigado”, escreveu Frederico Varandas, na sua página oficial no Instagram.

Depois de 15 estados de emergência, 12 dos quais consecutivos desde 09 de novembro, vai vigorar em Portugal uma situação de calamidade, a partir de sábado, data para a qual foi antecipada a quarta e última fase de desconfinamento, face à pandemia de covid-19.

A situação de calamidade é o nível de resposta a situações de catástrofe mais alto previsto na Lei de Bases da Proteção Civil, depois da situação de alerta e de contingência.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.