O treinador do FC Porto assegurou hoje que o FC Porto está preparado para reagir ao empate com o Marítimo com um triunfo frente ao Arouca, na quarta jornada da I Liga de futebol.

Na conferência de imprensa de antevisão à receção aos arouquenses, no sábado, o técnico ‘azul e branco’ disse esperar dificuldades, frente a uma equipa que conseguiu “uma excelente temporada na II Liga”, em 2020/21.

“É um clube que, por aquilo que fez nalgumas temporadas na I Liga, é sempre difícil. É uma equipa bem organizada, num ‘4-3-3’ com gente capaz de explorar bem o espaço das equipas adversárias porque tem gente rápida na frente, com um meio-campo interessante, dois laterais com dinâmica ofensiva interessante”, detalhou Sérgio Conceição.

O treinador dos ‘dragões’ elogiou o “bom trabalho” do treinador do Arouca, Armando Evangelista, e realçou a intenção de voltar às vitórias no campeonato, depois da igualdade 1-1 na visita ao Marítimo.

“A resposta que temos de dar, independentemente do jogo passado, que já não conta, é trabalhar em cima do jogo e preparar a equipa da melhor forma para ganhar o próximo. Independentemente do que acontece nos jogos, o próximo jogo é sempre para ganhar. Amanhã [no sábado], a resposta que quero é a resposta que me dão aqui e que me deram também na Madeira, que foi um jogo bastante positivo”, frisou.

O treinador do FC Porto felicitou ainda o guarda-redes Diogo Costa e o médio luso-brasileiro Otávio, pela estreia em convocatórias para a seleção portuguesa, para os jogos de qualificação para o Mundial2022 frente à República da Irlanda e ao Azerbaijão e para o particular com o Qatar.

“O grupo ficou muito satisfeito com a chamada do Otávio e do Diogo. É merecido, um trabalho, principalmente, deles, e depois de toda a estrutura que os acompanha aqui diariamente, e que lhes permite chegar a um patamar onde é possível serem convocados. É um orgulho para todos que sejam convocados. Trabalhamos a pensar em torná-los mais fortes para que a equipa ganhe com isso”, salientou.

Sobre o ‘mercado’ de transferência, que encerra na terça-feira, o treinador reiterou o foco no embate com o Arouca.

“O ‘mercado’ fica sempre à porta. O meu sentimento é esse, assim como o de todas as pessoas que fazem parte do nosso trabalho diário. Os jogadores estão a trabalhar para serem convocados e é com aquilo que vejo diariamente que faço a convocatória e o ‘onze’ inicial. Da minha parte, foco total. Da parte dos jogadores, foco total também, naquilo que reparei”, assegurou.

No entanto, Sérgio Conceição admitiu que a ‘janela’ de transferências ainda pode oferecer novidades ao plantel ‘azul e branco’.

“Claro que é algo que suscita curiosidade ao nível do ‘mercado’, mas aquilo que tenho falado com a direção é que, por agora, as coisas estão todas muito tranquilas. Mas nunca se sabe, até ao último dia, o que pode acontecer”, referiu.

O FC Porto, quarto classificado com sete pontos, recebe o Arouca, 14.º com três, no sábado, a partir das 18:00, num encontro da quarta jornada da I Liga que vai ser arbitrado por Hélder Malheiro, da associação de Lisboa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.