O Benfica vendeu o futebolista brasileiro Everton ao Flamengo por 13,5 milhões de euros (ME), num negócio que poderá atingir 16 ME, informou hoje a SAD dos 'encarnados' à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

"A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD (“Benfica SAD”) informa que chegou a acordo com o CR Flamengo para a alienação dos direitos desportivos e de 90% dos direitos económicos do jogador Everton Soares, pelo montante de € 13.500.000 (treze milhões e quinhentos mil euros). O valor global da alienação poderá atingir ou superar o montante de € 16.000.000 (dezasseis milhões de euros)", lê-se.

Os 'encarnados' referem que terão direito a um milhão de euros, "dependente da concretização de objetivos relacionados com a performance desportiva" do Flamengo, além de "10% do valor de uma futura transferência do referido jogador" ou a receber 1,5ME, "dependente da manutenção do vínculo laboral do jogador com o CR Flamengo a 31 de dezembro de 2025 e da concretização de objetivos relacionados com a performance desportiva do jogador".

O Benfica tinha contratado o extremo brasileiro em agosto de 2020, por 20 ME, ao Grêmio, assinando um contrato de cinco temporadas, com uma cláusula de 150 ME.

Em duas temporadas nas 'águias', o internacional brasileiro fez 95 jogos e marcou 15 golos, regressando agora ao Brasil para reforçar o Flamengo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.