A Polícia de Merseyside confirmou que está a investigar o incidente que envolveu Cristiano Ronaldo e um adepto no final do Everton-Manchester United (1-0), no sábado. A derrota dos 'red devils' deixou o português de tal forma frustrado que descarregou no telemóvel de um jovem que o filmava no túnel de acesso aos balneários, atirando-o ao chão.

"Quando os jogadores estavam a abandonar o recinto de jogo, foi reportado que um rapaz foi abordado por jogador da equipa visitante. Está a decorrer uma investigação, já pedimos as imagens vídeo ao Everton e vamos falar com as testemunhas para estabelecer se houve uma ofensa", pode ler-se no comunicado da referida autoridade.

Nas imagens, que se tornaram virais, é possível ver Ronaldo tirar bruscamente o telemóvel da mão de um adepto, que o filmava a partir das bancadas e próximo da zona de acesso ao túnel, e atirar o aparelho com violência ao chão.

Veja as imagens

O próprio Manchester United estará a investigar a situação e o Everton também já informou a Premier League do sucedido, pelo que Ronaldo poderá mesmo ser castigado. Horas depois, o português pediu desculpa pelo sucedido e convidou o jovem adepto do Everton a assistir a um jogo em Old Trafford como "sinal de desportivismo".

"Nunca é fácil lidar com as emoções em momentos difíceis como os que atravessamos. Porém, temos de ser sempre respeitadores, pacientes e dar o exemplo para todos os jovens que gostam de futebol", escreveu o internacional português nas redes sociais.

Entretanto, a mãe do jovem já veio a público falar do caso, dizendo que o filho ficou "em choque" e que não deverá aceitar o convite de Ronaldo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.