O treinador português José Mourinho disse hoje que “não necessita de fazer uma pausa”, após deixar o comando técnico dos ingleses do Tottenham, e frisou estar "sempre no futebol".

Veja o vídeo

Embora não se tenha alongado muito, o técnico luso falou pela primeira vez, junto à sua casa na cidade de Londres, sobre a saída dos ‘spurs’, anunciada na manhã de hoje.

"Eu não vou falar. Você [jornalista] conhece-me e sabe que eu não vou dizer nada”, começou por referir Mourinho, à cadeia televisiva Sky Sports, acrescentando: “Não há necessidade, não há necessidade [de parar]. Não preciso de pausas. Estou sempre no futebol.”

A saída de Mourinho do clube londrino, após um ano e cinco meses, aconteceu poucas horas depois de o atual sétimo classificado da Liga inglesa ser anunciado como membro fundador da nova Superliga europeia, que ameaça a ‘hierarquia’ do futebol.

Na sua passagem pelo Tottenham, Mourinho somou 44 vitórias, 19 empates e 23 derrotas, com 166 golos marcados e 103 sofridos, e, no domingo, já não vai ter a possibilidade de conquistar a Taça da Liga inglesa, frente ao Manchester City.

O Tottenham foi o oitavo clube da carreira de Mourinho, depois de Benfica, União de Leiria, FC Porto, Chelsea, Inter Milão, Real Madrid e Manchester United.

Ao longo da carreira, Mourinho conquistou duas vezes a Liga dos Campeões, duas Liga Europa e os campeonatos em Portugal, Espanha, Itália e Inglaterra, entre outros troféus.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.