O Liverpool adiou ontem a festa do Manchester City ao vencer o Southampton por 2-1, em partida da 37.ª ronda da Premier League. Os Reds estão agora a um ponto dos Cityzens, faltando apenas uma ronda para o final.

Jurgen Klopp fez várias alterações na equipa, em todos os sectores. Robertson, Trent-Alexander Arnold, Van Dijk, Fabinho, Keyta, Thiago, Salah, Luis Diaz, Sadio Mane não foram a jogo, alguns deles com problemas físicos. Ao todo, o técnico alemão fez nove mexidas no onze, em relação à equipa titular diante do Chelsea, na final da Taça de Inglaterra.

Na conferência de imprensa após o jogo, Klopp admitiu que fazer tantas alterações e mesmo assim vencer só prova a qualidade dos jogadores suplentes do Liverpool.

"Estou muito contente com a exibição, foi até um pouco emocionante. Estes rapazes... É como ter Ferraris na garagem. E quando os deixas sair de lá, eles jogam desta maneira. Em relação ao Haervey Elliot, não me lembro da última vez que jogou. O Curtis Jones está sem ritmo de jogo. O Minamino é um crime não jogar mais vezes... É muito difícil para eles. Mas temos um grupo excecional e eles mostram isso esta noite [ontem]", referiu o treinador alemão.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.