Alex Ferguson, responsável pela contratação de Cristiano Ronaldo ao Sporting para o Manchester United em 2003 e alegadamente um dos responsáveis pelo seu regresso em 2021, estava em Old Trafford, frente ao Newcastle, quando o português se estreou e marcou dois golos.

"Vocês viram, parecia César a entrar em Roma depois de uma vitória", começou por dizer Ferguson no podcast UTD. "'Cheguei, vi e venci'. Foi fantástico. Podíamos ter tido um milhão de adeptos do Manchester United lá, sem sombra de dúvida, estavam muitos cá fora, centenas."

O antigo treinador do United deixou muitos elogios ao jogador português.

"Quando ele era miúdo dava para ver que aprendia muito, muito depressa. Muita gente dizia que ele atirava-se para o chão, mas na realidade atacava os defesas, eles empurravam-no mas o Ronaldo passava a dançar por eles. Atacava com uma velocidade inacreditável."

"Sacrificou-se para ser o melhor. Lembro-me de um sábado, íamos jogar com o Arsenal e chovia em Carrington. Vocês sabem que ele treinava sempre depois do treino e eu disse-lhe: 'temos jogo amanhã e o terreno está muito molhado'. Fui para o escritório, olhei pela janela e o que ele estava a fazer? Foi para um campo sintético treinar, eu não tinha argumentos! Não podia dizer nada, ele tinha ganho...", acrescentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.