As mulheres iranianas foram autorizadas a marcarem presença no estádio de Teerão para apoiarem a sua seleção nacional masculina, após dois anos de ausência. A seleção de Taremi e companhia defronta a Coreia do Sul no dia 12 de outubro, em jogo de apuramento para o Mundial2022.

"A presença das mulheres foi autorizada para a o jogo entre as seleções nacionais de futebol do Irão e da Coreia do Sul", disse no domingo (3) o Clube de Jovens Jornalistas (YJC), agência ligada à televisão estatal.

Uma das poucas vezes em que as mulheres puderam assistir a uma partida no estádio Azadi de Teerão foi em outubro de 2019, quando a seleção masculina de futebol do país defrontou o Camboja, jogo de apuramento para o Mundial de 2022.

Depois da Revolução Islâmica de 1979, as iranianas foram privadas do acesso aos estádios, oficialmente para "protegê-las dos modos pouco educados" dos homens.

A FIFA pressionava o Irão há anos para que abrisse os estádios às mulheres, mas até 2019 Teerão só autorizou a presença de um número limitado de espectadoras em poucas ocasiões e para jogos específicos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.