O Tottenham continua a sua caminhada para o título da Liga Europa. Os 'spurs' deram um passo importante rumo aos quartos de final ao vencerem no Tottenham Hotspur Stadium o Dinamo Zagreb por 2-0.

Numa época difícil na Premier League, a Liga Europa poderá ser a porta de entrada dos londrinos na Liga dos Campeões na próxima época. Mourinho já expressou esse desejo e, por isso, vai apostar muito na segunda prova mais importante de clubes da UEFA.

Com duas edições da Liga Europa no currículo, nas duas vezes que disputou a prova, José Mourinho está na disputa por um terceiro título, com o Tottenham entrar para este jogo com estatuto de ‘super favorito’ perante um Dínamo Zagreb, que na última ronda eliminou o Krasnodar, da Rússia.

Frente aos croatas, o Tottenham foi sempre superior, apesar de alguns calafrios. O primeiro golo só surgiu aos 25 minutos pelo inevitável Harry Kane, apesar de 90 por cento do tento ser de Eric Lamela. O argentino colou a bola no pé esquerdo, foi passando por vários adversários até rematar ao poste. Na recarga, o capitão de equipa empurrou para o 1-0.

Sempre melhores no encontro, o Tottenham ia falhando no último terço. Mourinho pedia mais aos seus jogadores e parece ter resultado, depois do intervalo.

O 2-0 é novamente de Kane, numa jogada à ponta de lança: recebeu na área, rodou e rematou certeiro e rasteiro para o 2-0.

Com a vantagem no jogo, Mourinho retirou Erik Lamela, Dele Alli, Heung-Min Son, Tanguy Ndombele e depois Harry Kane, já a pensar no jogo do próximo fim de semana para a Liga Inglesa frente ao Arsenal, em mais um dérbi londrino. Gareth Bale, lançado no segundo tempo, quase marcava, mas o guarda-redes Dominik Livakovic negou-lhe as intenções com uma grande defesa. Carlos Vinícius entrou também no segundo tempo e tentou marcar mas o guarda-redes dos croatas defendeu.

Também o Granada deu um passo importante para a próxima fase, ao bater o Molde por 2-0 em Espanha. O emblema espanhol contou com o contributo dos portugueses Rui Silva e Domingos Duarte, titulares.

Aliás o guarda-redes internacional português viria a estar em evidência ao fazer a assistência para o 1-0, aos 26 minutos, por Jorge Molina.

O segundo tento do Granada foi apontado pelo veterano avançado Roberto Soldado aos 76 minutos, assistido por Molina.

De recordar que os noruegueses tinha protagonizado uma das maiores surpresas dos 16 avos de final, ao deixarem pelo caminho o Hoffenheim.

Os jogos da segunda-mão estão marcados para 18 de março, próxima quinta-feira.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.