O segundo embate entre as equipas está marcado para as 20:00 locais (21:00 em Lisboa), no estádio de São Miguel, em Ponta Delgada, nos Açores.

No encontro da primeira mão, a equipa orientada por Daniel Ramos construiu uma vantagem confortável ao vencer o Shkupi por 3-0, na Macedónia do Norte, com golos de Rwatubyaye (autogolo), Carlos Júnior e Costinha aos 90+3.

Na conferência de imprensa de antevisão, o treinador do Santa Clara assumiu o favoritismo da equipa, mas salientou que os açorianos não podem facilitar no encontro de hoje.

O Skhupi, segundo classificado do campeonato macedónio da última temporada, já passou uma eliminatória, na qual eliminou o Llapi, do Kosovo.

O Santa Clara anunciou já ter sido esgotada a lotação para a partida de hoje, uma vez que a Autoridade de Saúde dos Açores permitiu que o jogo tivesse uma assistência de até mil pessoas na bancada.

O voo que transportava a equipa do Shkupi estava previsto aterrar em Ponta Delgada por volta das 15:00 de quarta-feira, mas foi adiado devido às condições atmosféricas.

Por esse motivo, o treino de adaptação ao relvado do estádio de São Miguel por parte da equipa da Macedónia do Norte foi cancelado.

Os açorianos já tiveram uma experiência europeia na sua história, em 2002, quando participaram na extinta Taça Intertoto por convite, eliminando os arménios do Shirak, antes de perderem com os checos do Teplice na segunda ronda.

Contudo, a presença na LCE foi alcançada com a primeira qualificação europeia da história do clube açoriano, que ficou em sexto lugar na última edição da I Liga de futebol.

O vencedor desta eliminatória vai defrontar na ronda seguinte os eslovenos do Olimpija Ljubljana ou os malteses do Birkirkara.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.