O antigo futebolista internacional alemão Horst Eckel, o último sobrevivente da final do Mundial de 1954, conhecida como ‘o milagre de Berna’, em que a Alemanha venceu a Hungria, morreu hoje, aos 89 anos, informou a federação germânica.

Eckel foi o mais jovem jogador dessa seleção da República Federal da Alemanha, que na final, em Berna, se sagrou pela primeira vez campeã mundial, ao vencer por 3-2 a favoritíssima Hungria, que a tinha derrotado por 8-3 na fase de grupos.

A vitória, conseguida também graças à inferioridade física de alguns jogadores húngaros, simbolizou, à época, um ‘renascimento’ da identidade da Alemanha, após a segunda guerra mundial, através do desporto.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.