O Independiente Del Valle, orientado pelo treinador português Renato Paiva, perdeu na quarta-feira por 2-0 na receção aos brasileiros do Bragantino, em encontro da primeira mão dos oitavos de final da Taça sul-americana de futebol.

Em Sangolquí, no Equador, a formação brasileira marcou um golo em cada parte - frente a uma equipa anfitriã que ficou com 10 aos 56 minutos, por expulsão de Jonatan Bauman -, colocando-se em excelente posição para garantir o apuramento para os ‘quartos’.

Fabrício Bruno inaugurou o marcador aos 19 minutos, de cabeça, na sequência de um canto marcado na direita por Artur, e, na segunda metade, aos 66, Eric Ramires apontou o segundo dos forasteiros.

A disputar os oitavos de final da Taça sul-americana, está também o Athletico Paranaense, comandado pelo treinador português António Oliveira, que na terça-feira ficou mais perto dos ‘quartos’, ao vencer fora o América de Cali por 1-0.

Em Pereira, na Colômbia, um penálti de Nikão, aos 73 minutos, selou o triunfo do conjunto brasileiro, depois de um corte com a mão na área dos colombianos do chileno Rodrigo Ureña.

Com este triunfo, o Athletico parte em vantagem para o jogo da segunda mão, marcado para a próxima terça-feira, na Arena da Baixada, em Curitiba.

A equipa que conseguir o apuramento defronta nos quartos de final o vencedor da eliminatória entre a Liga de Quito e o Grêmio, que também ficou na terça-feira favorável aos brasileiros, vencedores igualmente por 1-0, no Equador.

Um golo de Leo Pereira, aos 19 minutos, selou o triunfo da equipa do brasileiro Luiz Felipe Scolari, ex-selecionador português de futebol, que regressou na semana transata ao clube de Porto Alegre.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.