A UEFA comunicou oficialmente às autoridades bascas que Bilbau não irá, afinal, ser uma das cidades-sede do próximo Campeonato da Europa.

Em comunicado, a autarquia de Bilbau, a Diputación Foral de Bizkaia e o Governo do Páis Basco deram a conhecer esta decisão "unilateral" do organismo máximo do futebol europeu. Uma decisão com a qual não concordam, tendo frisado que pretendem fazer valer o contrato que firmaram com a UEFA e que irão pedir uma inderminzação.

A decisão da UEFA surge depois de as autoridades bascas não considereram a possibilidade de flexibilizar as medidas atuais contra a pandemia para permitir a presença de público no Estádio San Mamés durante o EURO'2020.

Ao longo dos últimos dias, e perante esta possibilidade de a cidade de Bilbau ser excluída, avançou-se com a hipótese de esta ser substituída por Sevilha.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.