No Morumbi, o São Paulo, que esta temporada aparece em ‘crise’, na luta pela manutenção no ‘Brasileirão’, marcou aos 88 minutos, com o paraguaio Gustavo Goméz a marcar na própria baliza, e preparava-se para festejar apenas a terceira vitória da época, mas o videoárbitro (VAR) descortinou um fora de jogo do central veterano Miranda e anulou lance.

O encontro esteve vários minutos parado, com os jogadores do São Paulo a protestarem a decisão dos juízes da partida, acabando o argentino Rigoni por ver mesmo o cartão vermelho direto.

O Palmeiras fugiu à derrota e passou a somar 32 pontos no topo da competição, provisoriamente com quatro de vantagem sobre o Atlético Mineiro, segundo classificado, que recebe hoje o Atlético Paranaense, do treinador português António Oliveira.

O São Paulo segue, para já, no 16.º posto, com 12 pontos, mas com o decorrer da ronda poderá regressar aos lugares de despromoção.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.