O Palmeiras voltou a não vencer no Paulista, empatando a zeros frente ao Botafogo, dias depois dos muros do estádio do 'verdão' terem sido vandalizados por adeptos, com mensagens contra a equipa como "Menos Tiktok mais futebol" e "Acorda Abel".

Depois do nulo da último noite, o técnico português não poupou nas palavras, afirmando que nunca será um problema para o Palmeiras.

"Quando olhamos para o copo meio cheio... Quero deixar um aviso para toda a gente: quando eu for o problema do clube, deixo de ser o problema do clube. Da mesma maneira que decidi vir para cá um dia, quando o treinador for o problema do clube, nós resolvemos", disse, citado pelo Globoesporte.

Abel Ferreira preferiu recordar o apoio que a equipa sentiu na partida, afirmando que os adeptos têm de se lembrar do que foi feito pelo clube nos últimos tempos.

"Prefiro valorizar todo o apoio que tivemos hoje. As pessoas têm pouca memória. Mas eu gosto do futebol, é disso que vivo. As pessoas valorizam a parte negativa. Não tem problema nenhum. Podem pintar o que quiserem, gozar o que quiserem, nós vamos lá no outro dia e pintamos, lavamos e colocamos verde outra vez. Eu só quero que aqueles adeptos que escrevem o que quiseres, sem lembrem um pouco do trajeto que estes jogadores e este técnico fizeram", disse.

O verdão não vence há quatro jogos consecutivos. Antes do empate com o Botafogo, a equipa de Abel Ferreira perdeu a final da Supertaça do Brasil, a segunda mão da Recopa Sulamericana e a partida frente ao São Paulo para o campeonato paulista.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.