Como em todos os fins-de-semana, há muitos portugueses que se destacam pelos campeonatos internacionais. Desde a Premier League aos palcos extra-europeus do Brasileirão, há nomes a destacar que levaram a bandeira nacional além fronteiras.

Alguns portugueses terminaram o fim-de-semana com motivos para sorrir, outros ficaram lembrados pelos piores motivos. Junte-se a nós nesta viagem dos Portugueses lá fora.

Itália: Mais uma assistência de Mário Rui e derrota de Rafael Leão

Na Série A o Nápoles segue invencível na liderança do campeonato. Os napolitanos receberam e golearam o Sassuolo por 4-0; Mário Rui foi titular na equipa de Luciano Spaletti e fez a assistência para o 3-0, apontado pelo georgiano Khvicha Kvaratskhelia.

Com esta vitória o Nápoles aumentou para seis a diferença para com o AC Milan. Os campeões italianos foram a Turim perder por 2-1 diante do Torino. Nos 'rossoneri' Rafael Leão foi titular mas esteve muitos furos abaixo do habitual, desperdiçando algumas oportunidades de golo; o avançado português foi substituído ao intervalo.

A Lazio também perdeu pontos para o topo da tabela, ao perder em casa por 1-3 diante da Salernitana. No banco da Lazio esteve o guarda-redes português Luís Maximiano, ex-Sporting, e internacional sub-21, mas não chegou a ser utilizado pelo técnico Maurizio Sarri.

Já Udinese saiu de Cremona com um empate a zero diante da Cremonese. Beto entrou a quinze minutos do fim mas já não foi a tempo de evitar o empate da formação de Udine.

França: PSG com vitória sofrida, Anthony Lopes leva a melhor sobre Paulo Fonseca

Na Ligue 1 o líder Paris Saint-Germain venceu em casa o Troyes por 4-3; dos portugueses apenas Vitinha foi titular, tendo sido substituído na segunda parte. Renato Sanches e Nuno Mendes entraram na parte final da partida.

Em segundo lugar do campeonato está o Lens. A equipa de David Costa recebeu e venceu o Toulouse por 3-0. O médio português foi titular na equipa da casa, tendo saído aos 70 minutos.

O Marselha de Nuno Tavares foi a Estrasburgo empatar a dois golos. O lateral português entrou nos marselheses aos 70 minutos, altura em que a equipa vencia por 2-0, acabando por se deixar empatar já no período de descontos.

Já o Lyon de Anthony Lopes impôs uma derrota por 1-0 na receção ao Lille, treinado por Paulo Fonseca. O guardião português foi titular na equipa da casa, enquanto que Tiago Djaló, José Fonte e André Gomes começaram de início no Lille.

Finalmente o Mónaco recebeu e venceu o Angers por 2-0, num jogo onde Gelson Martins não saiu do banco de suplentes.

Espanha: Bis de Félix não evita derrota, Rui Silva brilha na vitória do Bétis

Na Liga espanhola João Félix voltou aos golos no Atlético de Madrid. Apesar disso o avançado começou mais uma vez a partida no banco, tendo entrado aos 60 minutos, muito a tempo de marcar dois golos e empatar o jogo já perto do fim. Apesar disso o Cádiz acabou por chegar à vitória no último suspiro do jogo.

Sorte idêntica teve o Valência diante do FC Barcelona. Com Thierry Correia e André Almeida no onze inicial da equipa 'ché', os valencianos venderam cara a derrota caseira diante dos catalães; o inevitável Lewandowski apontou o único golo do jogo no período de descontos da partida.

Em evidência esteve o guarda-redes Rui Silva na vitória do Bétis na visita à Real Sociedad. O guardião luso esteve totalmente intransponível e contribuiu para o triunfo dos sevilhanos, alcançado com dois golos nos últimos minutos da partida. William Carvalho começou o jogo no banco, mas acabou por entrar aos 70 minutos.

Inglaterra: Rúben Neves marca grande golo, Arsenal de Cédric e Fábio Vieira segue líder

Na Premier League o líder Arsenal recebeu e goleou o Nottingham Forest por 5-0. Cédric Soares e Fábio Vieira não foram titulares nos 'gunners', mas entraram a meio da segunda parte.

A dois pontos do Arsenal está o Manchester City que foi a Leicester vencer por 0-1. João Cancelo e Bernardo Silva foram titulares nos 'citizens', enquanto que Rúben Dias entrou a pouco mais de quinze minutos do fim.

Já o Manchester United voltou aos triunfos no campeonato ao receber e vencer o West Ham por 1-0. Cristiano Ronaldo voltou a ser titular e contou com a companhia de Diogo Dalot e Bruno Fernandes.

Pior sorte teve o Liverpool de Fábio Carvalho. O extremo português viu do banco os 'reds' perderem em casa por 1-2 diante do Leeds, e ficarem assim cada vez mais longe da liderança da Premier League.

O Fulham treinado por Marco Silva não foi além de um empate a zero em casa diante do Everton. João Palhinha foi mais uma vez titular nos 'cottagers'.

Quanto ao Wolverhampton, a equipa continua na zona de despromoção. Os Wolves foram a Brentford empatar a um golo; o tento dos visitantes foi marcado por Rúben Neves, num jogo onde, para além do médio, também José Sá, Nélson Semedo, Matheus Nunes e Podence foram titulares. João Moutinho e Gonçalo Guedes começaram no banco mas entraram na segunda parte.

Alemanha: Tiago Tomás e Diogo Leite assistem para a vitória

Na Bundesliga o líder Union Berlin conseguiu uma sofrida vitória diante do Borussia M´gladbach por 2-1. Diogo Leite foi titular na equipa da casa, tendo assistido para o primeiro golo da formação da capital alemã.

O RB Leipzig também conseguiu uma vitória caseira diante do Bayer Leverkusen por 2-0; André Silva começou o jogo no banco mas entrou já perto do minuto 90.

Já o Stuttgart alcançou uma importante vitória na luta pela permanência na Bundesliga. A equipa de Tiago Tomás recebeu e venceu o Augsburg por 2-1. O avançado português não foi titular mas entrou a meio da segunda parte e fez a assistência para o golo da vitória da equipa da casa já em período de descontos.

Turquia: Jorge Jesus e Sérgio Oliveira vitoriosos

Na Superliga turca o líder Fenerbahçe foi ao reduto do Istanbulspor AS vencer por contundentes 2-5. O técnico Jorge Jesus deixou Miguel Crespo no banco, fazendo entrar o português a quinze minutos do final.

Já o Galatasaray foi a casa do Karagumruk vencer por 0-2. Sérgio Oliveira foi titular na equipa de Istambul, que assim continua a cinco pontos da liderança.

Brasil: Abel cada vez mais perto do título, Cuiabá luta pela permanência

O Brasileirão aproxima-se do final e o Palmeiras está cada vez mais perto de conquistar o título. A equipa de Abel Ferreira bateu o Atlético Paranaense por 1-3. Bastará uma vitória na próxima 4ª feira em casa diante do Fortaleza para o 'verdão' se sagrar campeão nacional.

Já o Corinthians deu um passo atrás na luta pelo pódio. Os comandados de Vítor Pereira perderam em casa por 0-2 e perderam terreno na luta pelo 'top 3'.

A meio da tabela está o Botafogo de Luís Castro. O 'Fogo' recebeu e bateu o Red Bull Bragantino por 2-1, mantendo-se na primeira metade da tabela classificativa.

Mais abaixo está o Cuiabá de António Oliveira. A equipa do Mato Grosso luta pela permanência no primeiro escalão do campeonato brasileiro e alcançou uma importante vitória em casa diante do Avaí, adversário direto na luta pela manutenção.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.