O CIES - Observatório para o Futebol divulgou esta segunda-feira o seu habitual estudo semanal, que desta vez é dedicado aos minutos realizados pelos jogadores mundiais ao longo do ano de 2020. Os minutos foram contados até à passada sexta-feira e revelam que não há jogador no mundo com mais minutos nas pernas que Harry Maguire, do Manchester United.

O central inglês de 27 anos, somou 4.745 minutos desde 1 de janeiro de 2020, realizando mais 401 minutos que o segundo jogador de campo (sem contar com os guarda-redes) com mais minutos, o português Rúben Dias, atualmente no Manchester City, que jogou 4.344 minutos no último ano. Ainda entre os jogadores de campo, Messi completa o pódio, com 4293 minutos, com Bruno Fernandes a ser o segundo português com maior utilização, com o 'red devil' a somar 4164 minutos.

A I Liga tem dois representantes na lista dos mais utilizados de 2020, com dois portistas: Mbemba somou 3.768 minutos e Jesus Corona realizou 3.682 minutos.

Olhando agora para os guarda-redes (normalmente os jogadores que mais minutos somam), Marcelo Lomba, do Sport Club Internacional do Brasil é o guardião com mais minutos, somando 4.740, um número ainda assim inferior ao registado por Maguire. Quatro guarda-redes do Brasileirão ocupam os quatro primeiros lugares do ranking: Weverton Pereira (4.728 min, Palmeiras), Fernando Prass (4.620, Ceará) e Tiago Volpi (4.499, São Paulo).

O primeiro representante europeu surge na quinta posição, com o guarda-redes do Bayer Leverkusen, Lukás Hradecky, que realizou 4.410 minutos em 2020. Rui Patrício é o guardião português com mais minutos realizados, somando 3.690 minutos ao serviço do Wolverhampton. José Sá, do Olympiacos, é o segundo guarda-redes português com mais minutos (3.450), seguido de Rui Silva, do Granada (3.420).

Focando só na I Liga, Odysseas Vlachodimos, do Benfica, é o guarda-redes com mais minutos na competição em 2020, com 3.780 minutos realizados em 2020. Matheus, do SC Braga, é o segundo com 3.510 minutos somados.

Jogadores com mais minutos em 2020 ( até 18 de dezembro)

  1. Harry Maguire (defesa), Manchester United = 4745 min
  2. Marcelo Lomba (guarda-redes), SC Internacional = 4740 min
  3. Weverton Pereira (guarda-redes), Palmeiras = 4728 min
  4. Fernando Prass (guarda-redes), Ceará = 4620 min
  5. Tiago Volpi (guarda-redes), São Paulo = 4499 min
  6. Lukas Hradecky (guarda-redes), Bayer Leverkusen =  4410 min
  7. Gianluigi Donnaruma (guarda-redes), AC Milan = 4390 min
  8. Rúben Dias (defesa), Manchester City = 4344 min
  9. Lionel Messi (avançado), Barcelona = 4293 min
  10. Jan Oblak (guarda-redes), Atlético Madrid = 4290 min
  11. Manuel Neuer (guarda-redes), Bayern = 4277  min
  12. Vanderlei da Silva (guarda-redes), Grêmio = 4230 min
  13. Rafael Santos (guarda-redes), AD Confiança (2.ª Div. Brasil) = 4216 min
  14. Bruno Fernandes (médio), Manchester United = 4164 min
  15. Kasper Schmeichel (guarda-redes), Leicester = 4096 min

Jogadores da I Liga com mais minutos em 2020 (até 18 de dezembro)

  1. Vlachodimos (guarda-redes), Benfica = 3780 min
  2. Mbemba (defesa), FC Porto = 3768 min
  3. Corona (médio), FC Porto = 3682 min
  4. Matheus (guarda-redes), SC Braga = 3510 min

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto