O CIES - Observatório para o Futebol, divulgou esta segunda-feira o seu habitual relatório semanal, esta semana dedicado à valorização que os jogadores das cinco principais ligas europeias tiveram no mês que hoje termina.

O primeiro lugar não surpreende aqueles mais atentos ao futebol europeu: Erling Haaland foi o jogador que registou a maior valorização para o CIES, sendo avaliado nesta altura em 155,6 milhões de euros, mais 35,3 milhões que no final de outubro, um valor que poderá ultrapassar os 222 milhões (recorde atualmente detido por Neymar) no pós-pandemia.

No Top 10 dos que mais subiram entre os que valem mais de 80 milhões de euros, Portugal domina com a presença de quatro jogadores.

Bruno Fernandes, do Manchester United, teve a segunda maior valorização, subindo dos 120,3 milhões para os 140,2 milhões de euros (+ 19,9 M). Ainda na Premier League, Diogo Jota, do Liverpool, foi o terceiro mais valorizado com uma subida de 16,5 milhões, tendo alcançado os 84 milhões de euros.

A lista dos 10 primeiros (entre os valorizados acima de 80 milhões) tem ainda o nome de dois ex-Benfica inscritos: Rúben Dias, que rumou ao Manchester City no último verão, subiu 14,8 milhões ( a 5.ª maior subida), passando a valer 95,5 M € e João Félix, do Atlético de Madrid, registou uma valorização de 11,5 milhões, valendo agora 116 milhões.

Olhando para todos os escalões de valor utilizados pelo CIES, Haaland continua a liderar, mas a segundo maior valorização passa a pertencer a Giovanni Reyna, norte-americano do Borussia Dortmund, que passou dos 11,7 milhões para os 46,1 milhões de euros num mês, uma valorização de 34,4 milhões de euros.

Portugal passa a contar com mais um representante entre os 15 mais valiosos: Além de Bruno Fernandes (3.ª maior na geral), Diogo Jota (4.ª), Rúben Dias (8.ª) e João Félix (14.ª), tambem Pedro Neto surge como um dos jogadores mais valorizados, com um aumento de 13,9 milhões de euros no último mês (12.ª).

Maiores valorizações em novembro, de acordo com o CIES

1. Erling Haaland (B.Dortmund) | +35,3 M€ (valor atual: 155,6 M €)
2. Giovanni Reyna (B. Dortmund) | +34,4M€ (46,1M €)
3. Bruno Fernandes (Man. United) | +19,9 M€ (140,2 M €)
4. Diogo Jota (Liverpool) | +16,5M € (84 M€)
5. Florian Wirtz (Bayer Leverkusen) | +16,3M€ (32,3 M €)
6. Pedri González (Barcelona) | + 16M€ (44,3 M €)
7. Phil Foden (Man. City) | +15M€ (85,3 M €)
8. Rúben Dias (Man. City) | +14,8M€ (95,5 M €)
9. Jude Bellingham (B. Dortmund) | +14,2M€ (58,7 M €)
10. Dominic Calvert-Lewin (Everton) | +13,9M€ (75,1 M €)
11. Bukayo Saka (Arsenal) | +13,8M€ (109,6 M €)
12. Pedro Neto (Wolverhampton) | +13,6M€ (47,9 M €)
13. Ziyech (Chelsea) | +13,5M€ (41,7 M €)
14. João Félix (Atl. Madrid) | +11,5M€ (116 M €)
15. Timo Werner (Chelsea) | +11,1M€ (148,6 M €)

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto