A casa dada por Diego Maradona aos seus pais, dois carros BMW e uma carta do falecido líder cubano Fidel Castro foram incluídos nos bens do jogador a serem leiloados, de acordo com uma decisão judicial citada pela imprensa argentina.

O leilão online, a 19 de dezembro, acordado com os herdeiros, será utilizado para pagar as dívidas e despesas de Maradona, que morreu a 25 de novembro de 2020.

Veículos, bens imóveis e artigos pessoais serão postos à venda por decisão da juíza Luciana Tedesco.

Artigos de valor emocional tais como camisolas doadas por outros jogadores no funeral serão excluídos do leilão.

A carta assinada por Fidel nasceu da amizade entre o ex-líder cubano e Maradona, que se encontrava na ilha das Caraíbas para tentar superar os seus vícios, o que por duas vezes o levou perto da morte.

Um dos dois carros BMW tem a assinatura da "Pibe de oro" (menino de ouro) gravada no pára-brisas, com uma etiqueta de preço de 165.000 dólares.

A casa que Maradona deu aos seus pais está localizada no distrito de Villa Devoto de Buenos Aires.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.