Lewis Hamilton poderá ser sancionado pela Federação Internacional de Automobilismo por não ter marcado presença na gala do organismo. O recém-eleito presidente da FIA, Mohammed Ben Sulayem, assumiu que irá estudar o tema e, se o britânico cometeu alguma sanção, não haverá perdão.

"Regras são regras. Por isso vamos olhar para elas e perceber se houve alguma violação. Claro que vamos seguir as nossas regras. Mas não vamos fazer com que um campeão não se sinta bem. É fácil e barato ser bom para as pessoas. E isso é também algo que motiva. Mas se há alguma violação, não haverá qualquer perdão nisso. O perdão existe, mas regras são regras. E eu digo sempre 'as regras não se fazem, um homem é quem as fez'. E elas podem ser melhoradas e mudadas por homens. Por isso as regras estão lá para ser melhoradas", disse o novo presidente da FIA.

Fórmula 1:  Mercedes desiste de protestar corrida de Abu Dhabi e felicita Verstappen
Fórmula 1: Mercedes desiste de protestar corrida de Abu Dhabi e felicita Verstappen
Ver artigo

O piloto britânico está de costas voltadas com a Federação Internacional de Automobilismo, após o polémico Grande Prémio de Abu Dhabi que lhe impediu de renovar o título. A Mercedes entende que as decisões tomadas pelos comissários de corrida e pelo diretor, Michael Masi não foram as mais corretas e acabaram por prejudicar Lewis Hamilton e beneficiar Max Verstappen, que se sagrou campeão ao ultrapassar o britânico na última volta.

O novo presidente da FIA entende que Hamilton esteja zangado mas volta a lembrar que as regras são para cumprir.

"Com ex-piloto, sei que o Lewis está triste com o que se passou e a palavra que digo é que ele está abalado. Mas temos de analisar e ver se houve alguma violação. Não posso dizer se houve. Não quero tirar conclusões sem ter consultado a minha equipa. Sou presidente há apenas algumas horas. Precisamos analisar as coisas e ver como podemos melhorar, porque a comunicação é muito importante. Falei com Toto Wolff esta semana, o tempo também é um fator", atirou.

O artigo 6.6 dos regulamentos da FIA diz que os "pilotos que acabem em primeiro, segundo e terceiro no campeonato têm de estar presentes na gala anual da FIA". Se for considerado culpado, o mais certo é Lewis Hamilton ser condenado a pagar uma multa pecuniária.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.