O número um mundial, que em 18 participações só não passou duas vezes da terceira ronda, precisou de um hora e 44 minutos para afastar Bedene, 195.º da hierarquia, por 6-3, 6-3 e 6-2.

Em busca do 21.º 'major' e do terceiro em Paris, o sérvio vai defrontar na próxima ronda o argentino Diego Schwartzman, 16.º do 'ranking' ATP, que afastou o búlgaro Grigor Dimitrov, 21.º.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.