Depois dos desenvolvimentos deste domingo, que culminaram com a deportação de Novak Djokovic, que já abandonou a Austrália, e com a consequente exclusão do primeiro Grand Slam da temporada, o pai do tenista sérvio recorreu às redes sociais para deixar uma primeira reação

"Acabou a tentativa de assassinato do melhor desportista do mundo. 50 balas no peito do Novak", escreveu Srdjan Djokovic na sua conta no Instagram.

Novak já tinha reagido horas antes: "Estou extremamente desapontado com a decisão do tribunal de indeferir o meu pedido de revisão judicial da decisão do ministro de cancelar o meu visto, o que significa que não posso ficar na Austrália e participar no Open", lamentou o atual número um mundial.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.