O espanhol Rafael Nadal, número dois do ‘ranking’ mundial, admitiu que a época do ténis mundial apenas regresse em 2021, mostrando-se cético quanto a um recomeço ainda este ano, devido à pandemia de COVID-19.

“[Regressar aos ‘courts’ ainda este ano] Oxalá, mas não acredito. Infelizmente. Espero estar preparado para 2021”, disse o tenista numa entrevista ao jornal El País, na qual falou em especial sobre o cenário existente devido ao novo coronavírus.

Em relação a um regresso das competições de ténis, como está a ser preparado em outros desportos, o espanhol, vencedor de 19 torneios do ‘Grand Slam’, 12 dos quais na terra batida de Roland Garros, mostrou pouca confiança.

“Preocupa-me mais o Open da Austrália [tradicionalmente no início de cada ano], do que aquilo que venha a acontecer no final deste ano. Vejo 2020 praticamente perdido. Tenho a esperança de poder recomeçar no próximo. Desejo que assim seja”, disse o tenista, de 33 anos.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de COVID-19 já provocou mais de 250 mil mortos e infetou mais de 3,5 milhões de pessoas em 195 países e territórios. Mais de um milhão de doentes foram considerados curados.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Espanha tem sido um dos países mais afetados pela COVID-19 na Europa, com 25.613 mortos e mais de 219 mil casos positivos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.