A Liga Mundial de Surf (WSL), que cancelou todas as competições de 2020 devido à pandemia de covid-19, anunciou hoje que vai organizar um evento no dia 09 de agosto, na piscina de ondas de Kelly Slater, na Califórnia.

A prova vai contar com 16 dos melhores surfistas mundiais, masculinos e femininos, que atualmente residem nos Estados Unidos, tendo já sido confirmadas as presenças de Kelly Slater, 11 vezes campeão do mundo, de Carissa Moore, quatro vezes campeã mundial, de Caroline Marks e Kolohe Andino (ambos qualificados para os Jogos Olímpicos Tóquio2020), e de outras estrelas da elite mundial, como Sage Erickson e o brasileiro Filipe Toledo.

Os 16 atletas (oito masculinos e oito femininos) vão competir em equipas de dois, e o prémio monetário da dupla vencedora vai ser doado para caridade, anunciou a WSL, especificando que o evento não vai contar com a presença de público por causa do novo coronavírus, mas vai ser transmitido ao vivo para todo o mundo.

"Sentimos a falta do surf ao vivo e estamos entusiasmados por levar aos fãs uma experiência única", realçou Erik Logan, presidente da WSL, garantindo que vão ser implementados "todos os protocolos de segurança para assegurar a saúde e a segurança dos participantes, do ‘staff' e da comunidade local".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.