Ian Foster, antigo treinador assistente, foi hoje confirmado como o novo selecionador de râguebi da Nova Zelândia, sucedendo a Steve Hansen, que abandonou o cargo após ter alcançado apenas o terceiro lugar no Mundial2019, no Japão.

Foster, de 54 anos faz parte do corpo técnico dos ‘All Blacks’ desde 2012 e tinha ajudado Hansen a vencer o campeonato do mundo de 2015, em Inglaterra.

“É um privilégio e uma honra ter esta oportunidade e estou ansioso para liderar esta equipa nos próximos desafios. Tenho muito orgulho no que conseguimos alcançar nos últimos oito anos”, disse o treinador na conferência de imprensa de apresentação, em Wellington.

Ian Foster assinou um contrato de apenas dois anos, o que significa que poderá não comandar a Nova Zelândia no próximo Mundial, em 2023, em França.

De acordo com a imprensa local, a federação neozelandesa terá contactado mais de 20 treinadores para ocupar o cargo, incluindo Dave Rennie, da Austrália, e Jamie Joseph, do Japão, mas acabou por optar por Hansen.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.