O piloto português Miguel Oliveira (KTM) mostrou-se hoje “satisfeito” por a "estratégia decidida no ‘warm up’ [aquecimento] ter funcionado na corrida", o Grande Prémio da Europa de MotoGP, que terminou na quinta posição.

“Estou contente com esta corrida. Estávamos com receio porque não sabíamos o que iríamos encontrar [em termos de condições atmosféricas]. Julgo que a estratégia do ‘warm up’ resultou na corrida", disse o piloto português, citado pela assessoria de imprensa da equipa Tech3.

Oliveira, que partiu com um pneu médio à frente e um duro atrás, confessou ter encontrado "um bom equilíbrio na mota e boas afinações".

"Infelizmente, não consegui manter o ritmo a sete ou oito voltas do final. Comecei a ter dificuldades para manter aderência. Depois de algumas situações em que quase caí, decidi baixar o ritmo e trazer a mota até final", explicou o piloto de Almada.

Miguel Oliveira considera, ainda assim, que fez "uma boa corrida" e que marcou "pontos importantes para a equipa".

Com este resultado, o piloto português manteve o 10.º lugar do campeonato, com 90 pontos, graças aos 11 hoje somados.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.