O motard português Paulo Gonçalves (Hero) terminou hoje na segunda posição a penúltima etapa do rali Rota da Seda, segunda prova pontuável para o Mundial de todo-o-terreno, entre Alashan e Jiayuguan, na China.

O piloto de Esposende concluiu os 290 quilómetros cronometrados a apenas 43 segundos do norte-americano Andrew Short (Husqvarna), que foi o mais rápido do dia.

"Gostei muito da etapa, com muita areia e dunas. Senti-me muito bem com a mota. Depois dos problemas mecânicos da sexta etapa, fiquei sem qualquer objetivo na classificação geral, mas queria fazer estes cerca de 1.000 quilómetros na China, pois íamos ter dois dias de deserto bastante intenso e interessante", explicou o piloto português, em declarações à agência Lusa.

Ainda assim, Paulo Gonçalves subiu três posição na geral, estando agora em 16.º, mas a 50:32.29 horas do líder, o britânico Sam Sunderland (KTM).

Na terça-feira disputa-se a 10.ª e última etapa, que liga Jiayuguan a Dunhuang, na China, com um total de 556 quilómetros, 255 deles cronometrados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.