O piloto português Miguel Oliveira (KTM) mostrou-se hoje satisfeito com a evolução das crianças e jovens da sua escola de motociclismo, considerando que “todos têm capacidade e um futuro risonho pela frente” na modalidade.

“Temos visto uma evolução notória e exponencial de muitos dos participantes, mesmo na categoria de Ohvale”, afiançou Miguel Oliveira, em declarações à agência Lusa no final da 5.ª prova da Oliveira Cup, que decorreu no Kartódromo de Évora.

O piloto da KTM que compete no MotoGP disse estar “muito contente” com o trabalho de assessoria técnica feito pela sua escola de motociclismo, sublinhando que “todos têm capacidade e um futuro risonho pela frente”.

Mas o sucesso, ressalvou, “também depende de como eles fazem a própria gestão das suas decisões e como gerem as emoções dentro da pista”.

Miguel Oliveira advertiu que o objetivo da sua escola “não é descobrir novos ‘Migueis Oliveira’”, mas sim as crianças e jovens participantes “o mais longe possível” na modalidade.

A Oliveira Cup abrange as categorias de Ohvale para jovens entre os 05 e os 12 anos com motos de 110 centímetros cúbicos, MiniGP para jovens dos 10 aos 14 anos com motos de 220 centímetros cúbicos e Naked para jovens e adultos com motos de 220 centímetros cúbicos.

O Mundial de MotoGP cumpre uma pausa de verão, estando o regresso marcado para 04 de agosto com o Grande Prémio da República Checa, em Brno.

Miguel Oliveira, que não pontuou no Grande Prémio da Alemanha, a última prova antes da pausa de verão, tem 15 pontos e é 18.º no campeonato.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.