O italiano Lorenzo Savadori vai substituir o compatriota Andrea Iannone, suspenso quatro anos por doping, aos comandos da Aprilia no Mundial de MotoGP de 2021, anunciou hoje o construtor transalpino.

No Qatar, no circuito Losail, a Aprilia confirmou que o espanhol Aleix Espargaro e Lorenzo Savadori, de 27 anos, “são os pilotos oficiais”, no que se traduz na “escolha da continuidade, para confirmar o progresso no trabalho realizado no final de 2020".

Savadori e o britânico Bradley Smith tinham sido apontados em novembro como as opções para a equipa sediada perto de Veneza.

Substituindo Iannone, já suspenso e aguardando pela decisão da sua sanção final, Smith competiu a maior parte da época de 2020 pela Aprilia, até ser substituído por Savadori nas últimas três provas.

"Lorenzo terá de melhorar e aprender muito, a começar pelos circuitos. Um caçador de talentos extraordinário [Fausto Gresini] tinha muita confiança nele e tenho a certeza de que tudo fará para a retribuir", disse o diretor da Aprilia Racing, Massimo Rivola.

Antes das três primeiras corridas em MotoGP, Savadori representou a Aprilia em 125 cc, entre 2008 e 2010, e em Moto E, em 2019, tendo ainda participado no Mundial de Superbikes pela marca transalpina, entre 2016 e 2018.

Em novembro, Iannone viu a suspensão de 18 meses por doping ser estendida a quatro anos pelo Tribunal Arbitral do Desporto (TAS), por não conseguir provar que o controlo positivo foi originado por carne contaminada.

O italiano, de 30 anos, foi suspenso em 31 de março, após um controlo antidoping positivo no final do Grande Prémio da Malásia, em Sepang, em 03 de novembro de 2019, que levou o piloto a recorrer ao TAS.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.