Lewis Hamilton fez história na Fórmula 1 depois de ter igualado Michael Schumacher no número de títulos, sete. Contudo, o britânico tem sido alvo de críticas que justificam o sucesso do piloto com o carro que conduz.

Ora Hamilton não se ficou e pede respeito.

"Gostava que existissem mais corridas complicadas como a da Turquia, naquelas condições. Quantas mais ocasiões houver desse tipo, mais vezes poderei mostrar do que sou capaz. Mereço respeito, foi um domingo muito duro, no qual não dependi do carro. Há outro grande piloto que usa o mesmo carro e obviamente não termina como eu", disse citado pelo jornal Marca.

"Ouço comentários de grandes pilotos, do passado. É óbvio que precisas de uma grande equipa e de um grande carro. Ora nunca ninguém ganhou um Mundial de outra forma. Quando corria nos karts, tinha um carro em quinta mão com um motor de m****. No meu primeiro campeonato, o rapaz que ganhava conduzia um com motores muito bons que o pai do Jenson Button fazia. Recordo que quando o rapaz subiu de categoria, o meu pai teve de voltar a hipotecar a casa para comprar um desses que custam 2500 libras (2800 euros). (...) Claro que precisas de bom material, mas também conta o que fazes com ele e espero que isso se possa ter visto na Turquia", continuou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.