O Rali da Nova Zelândia, programada como a 10.ª prova do Campeonato do Mundo de Ralis (WRC) de 2020, foi cancelado, devido à pandemia de covid-19, anunciaram hoje os organizadores.

Prevista para o período de 03 a 06 de setembro, a prova foi cancelada devido "ao encerramento das fronteiras internacionais" daquele país da Oceânia.

“Tornou-se claro que, com as nossas fronteiras encerradas aos visitantes internacionais e a logística necessária para acolher milhares de visitantes de outros países que são parte integrante do Mundial de Ralis, a data prevista não seria praticável”, disse o diretor da prova, Michael Goldstein, numa declaração divulgada na página oficial do campeonato.

Assim, são já seis as provas canceladas do calendário de 2020, que previa 14 jornadas, depois de Chile (problemas sociais), Argentina, Portugal, Quénia e Finlândia, devido às restrições provocadas pela covid-19.

O francês Sébastien Ogier (Toyota Yaris) lidera o campeonato após a realização das primeiras três provas, em Monte Carlo, Suécia e México, esta última encurtada em um dia devido à pandemia.

O Rali da Sardenha, em Itália, foi adiado e ainda não tem data prevista para a sua realização.

Desta forma, a próxima prova marcada passa a ser o Rali da Turquia, em 27 de setembro. Segue-se Alemanha (18 de outubro), Grã-Bretanha (01 de novembro) e Japão (22 de novembro).

O campeonato está parado desde o dia 14 de março.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 382 mil mortos e infetou mais de 6,4 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Mais de 2,7 milhões de doentes foram considerados curados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.