A McLaren anunciou, esta quinta-feira, que não participará do Grande Prémio da Austrália, agendado para este fim de semana, depois de um dos membros da equipa ter dado positivo ao resultado de coronavírus.

A equipa de F1 explicou tudo em comunicado.

"A McLaren Racing confirmou, em Melbourne, que se retira do Grande Prémio da Austrália de Fórmula 1, de 2020, após ter sido revelado um teste positivo a um membro da equipa de coronavírus".

"O membro foi testado e isolado, assim que começou a mostrar sintomas e agora será tratado pelas autoridades locais de saúde", continuou o comunicado.

“A equipa preparou-se para essa eventualidade e tem estado sempre em contato com este funcionário, que entrará agora em período de quarentena. A equipa está a cooperar com as autoridades locais para auxiliar nas investigações e análises.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.