A organização das 24 horas de Le Mans, adiadas para setembro devido à pandemia de COVID-19, preparou uma edição virtual da prova do Campeonato Mundial de Resistência (EWC) para as datas originais, em 13 e 14 de junho.

“As 24 horas de Le Mans Virtual vão abrir uma nova era nas corridas de simuladores. Pela primeira vez, equipas compostas por uma combinação de pilotos profissionais e campeões de desportos vão desafiar-se no famoso circuito das 24 Horas de Le Mans, por 24 horas”, pode ler-se no site oficial da etapa francesa na Internet.

A organização indica que “será o teste mais extremo visto no mundo virtual e terá transmissão em direto pela TV em todo o mundo”.

As equipas participantes serão compostas por quatro membros, com pelo menos dois pilotos profissionais e um máximo de dois especialistas em videojogos, sendo que o tempo mínimo de condução durante toda a corrida é de quatro horas e o máximo de sete para cada condutor.

Após a declaração de pandemia, em 11 de março, as competições desportivas de quase todas as modalidades foram disputadas sem público, adiadas – Jogos Olímpicos Tóquio2020, Euro2020 e Copa América -, suspensas, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais, ou mesmo canceladas.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de COVID-19 já provocou mais de 302 mil mortos e infetou mais de 4,4 milhões de pessoas em 196 países e territórios. Mais de 1,5 milhões de doentes foram considerados curados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.