A seleção portuguesa de futsal empatou hoje sem golos com a Ucrânia, no segundo de dois jogos de preparação para a fase de qualificação para o Campeonato do Mundo Lituânia 2020, realizado no Pavilhão Polidesportivo de Rio Maior.

Ao contrário do jogo entre as duas equipas realizado no dia anterior, em que Portugal entrou melhor, marcou cedo e esteve a vencer até aos minutos finais, desta vez a partida foi mais equilibrada, sem que nenhuma equipa se destacasse.

Mas, não foi por falta de oportunidades. Aos 2 minutos, Cardinal, a passe de Pedro Cary, cabeceou para a baliza, valendo a defesa atenta de Dmytro.

Na resposta, foi a vez da Ucrânia falhar duas boas oportunidades consecutivas, com Vítor Hugo a defender de joelhos no chão.

A melhor oportunidade Portugal no primeiro tempo surgiu aos nove minutos, com Pany Varela, isolado e com tempo, a rematar ao lado. Pouco depois, foi Márcio a rematar cruzado, com Dmytro, mais uma vez, a defender, desta vez com a bola ainda a raspar o poste.

Quase a terminar o primeiro tempo, numa falha coletiva da defesa portuguesa, surgem dois ucranianos em boa posição, mas nenhum deles conseguiu bater Vítor Hugo.

A segunda parte começou com cinco minutos de péssimo futsal e muitos passes errados. Aos seis minutos, Cardinal deu um pontapé no inconformismo e visou pela primeira vez a baliza adversário, mas sem sucesso.

O lance pareceu acordar a Ucrânia, que, na resposta, obrigou André Sousa, entrado ao intervalo, a duas grandes defesas, que o público premiou com duas ovações.

O resto do jogo pouca história teve, com as duas equipas esforçadas, mas pouco imaginativas e a anularem-se uma à outra.

Portugal termina, assim, o estágio de quatro dias em Rio Maior com dois empates frente à Ucrânia, na preparação para a fase de qualificação do Campeonato do Mundo de futsal de 2020, na Lituânia, com sorteio em 12 de dezembro.

Jogo no Pavilhão Polidesportivo de Rio Maior

Portugal - Ucrânia, 0-0.

Equipas:

- Portugal: Vítor Hugo, Erick Mendonça, Pedro Cary, Márcio e Cardinal. Jogaram ainda André Sousa, André Coelho, Nilson, Tiago Brito, Pany, Pauleta, Mário Freitas, Tiaguinho, Fábio Cecílio e André Galvão.

Treinador: Jorge Braz.

- Ucrânia: Dmytro Lytvynenko, Mykola Mykytiuk, Artem Fareniuk, Ihor Korsun e Petro Shoturma. Jogaram ainda Kyrylo Tsypun, Dmytro Sorokin, Vitaliy Radevych, Mykola Grytsyna, Serhii Malyshko, Oleksandr Pediash, Mykola Bilotserkivets e Oleh Yeromin.

Treinador: Oleksandr Kosenko.

Árbitros: Miguel Castilho e Eduardo Coelho.

Ação disciplinar: Cartão amarelo a Mykola Grytsyna (33).

Assistência: Cerca de 400 espetadores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.