O ciclista dinamarquês Soren Kragh Andersen (Sunweb) ‘bisou’ na 107.ª Volta a França, ao repetir, na 19.ª etapa, a fórmula ganhadora da sua vitória anterior, chegando isolado a Champagnole.

O ciclista da Sunweb atacou em força, como fez na 14.ª etapa, destacou-se da fuga formada, essencialmente por ‘sprinters’, na parte final da ligação de 166,5 quilómetros entre Bourg-en-Bresse e Champagnole e cortou a meta em solitário, com o tempo 03:36.33 horas, antes do esloveno Luka Mezgec (Mitchelton-Scott) e do belga Jasper Stuyven (Trek-Segafredo), respetivamente segundo e terceiro, a 53 segundos.

O esloveno Primoz Roglic (Jumbo-Visma) chegou integrado no pelotão, a mais de sete minutos, e vai partir para os 36,2 quilómetros do contrarrelógio da penúltima etapa, percorridos entre Lure e o alto de La Planche des Belles Filles, com 57 segundos de vantagem para o seu compatriota Tadej Pogacar (UAE Emirates) e 01.27 minutos para o colombiano Miguel Ángel López (Astana).

AMG // JP

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.