O colombiano Nairo Quintana (Movistar) e o espanhol Alberto Contador (Trek-Segafredo) assumiram hoje que estão fora da luta pela geral da 104.ª Volta a França em bicicleta, depois de perderem tempo para os outros favoritos.

“Lutei até onde pude, mas estou sem força. As apostas ou se ganham ou se perdem e, desta vez, não ganhámos”, reconheceu Quintana, após a primeira etapa pirenaica.

Segundo classificado em 2013 e 2015 e terceiro no ano passado, o colombiano da Movistar descartou-se da luta pelo pódio, indicando que agora vai lutar por etapas e por tentar encurtar a diferença para o camisola amarela, o italiano Fabio Aru (Astana).

“As forças não estão como eu esperava e até que as recupere não sei o que posso fazer. Talvez isto se deva à sobrecarga de esforço. O Giro [no qual foi segundo] foi muito rápido e gastei muita energia. Ou à preparação, porque foi a primeira vez que corri Giro e Tour. Esperava que esta fosse a opção correta, mas errei”, lamentou o oitavo classificado da geral, que está a 4.01 minutos de Aru.

Também Alberto Contador, vencedor do Tour em 2007 e 2009, se deu, finalmente, como derrotado.

“Agora tenho de tentar alcançar uma vitória parcial, porque na geral é impossível. Não é apenas pelo tempo de atraso, é porque não estou em boas condições”, argumentou o espanhol, que está a 7.14 minutos da amarela.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.