Os Campeonatos Nacionais de ciclismo de estrada dos Países Baixos não vão realizar-se este ano, pelo que Fabio Jakobsen (Deceuninck-QuickStep) vai manter a camisola de campeão holandês até 2021, confirmou hoje a federação.

“Não há verdadeiramente lugar [para os Nacionais] num calendário velocipédico de três meses. É irresponsável acrescentar mais uma corrida. E com que objetivo? É realmente necessário organizar um campeonato nacional no nosso país?”, questionou o diretor da Federação holandesa de ciclismo, Thorwald Veneberg, ao confirmar, ao diário Telegraaf, que a prova não irá realizar-se.

A renúncia da federação a organizar a competição acontece na sequência da proibição, por parte do governo dos Países Baixos, da realização de eventos desportivos naquele país até 01 de setembro, uma decisão que ‘esbarra’ na vontade da União Ciclista Internacional, que, no seu calendário reformulado, apontou o fim de semana de 22 e 23 de agosto para a disputa dos Campeonatos Nacionais de estrada.

Assim, Fabio Jakobsen, que este ano venceu a primeira etapa da Volta ao Algarve e classificação dos pontos, vai envergar até 2021 a camisola de campeão conquistada no ano passado.

Os Países Baixos são o primeiro país a abdicar dos Campeonatos Nacionais de estrada. O ciclismo está suspenso, devido à pandemia da covid-19, em todas as suas vertentes até 01 de julho e no escalão WorldTour, o principal da modalidade, até 01 de agosto.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de COVID-19 já provocou mais de 286 mil mortos e infetou mais de 4,1 milhões de pessoas em 195 países e territórios. Mais de 1,4 milhões de doentes foram considerados curados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.