O ciclista espanhol Alberto Contador (Tinkoff) admitiu hoje que não esperava perder tanto tempo na oitava etapa da Volta a França, mas garantiu que fez tudo ao seu alcance para se manter na luta pela geral.

“A etapa tornou-se demasiado dura e muito exigente. Pensava que podia passá-la sem perder demasiado tempo... fiz tudo o que pude”, lamentou, depois de perder 1.41 minutos para o vencedor Chris Froome e de ter descido ao 20.º posto da geral, a 2.31 minutos do britânico da Sky.

Contador reconheceu ainda que, a partir de agora, terá de analisar a sua condição de líder, porque o checo Roman Kreuziger está mais bem classificado na geral (é 12.º, a 34 segundos de Froome).

“Ontem e hoje, tomámos a decisão de que o Kreuziger também disputará a geral, sem olhar para trás”, revelou o espanhol, vencedor do Tour em 2007 e 2009, na meta, em Bagnères-de-Luchon.

Nos dias anteriores, Contador tinha criticado o checo por não ter esperado por si quando ficou em dificuldades.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.