A Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC) e as câmaras municipais de Palmela, Sesimbra e Setúbal assinaram hoje um protocolo que permite a realização da Clássica da Arrábida em 2020, 2021 e 2022, anunciou o organismo federativo.

A cerimónia realizada hoje em Sesimbra serviu também para apresentar a edição de 2020 da prova, que se vai realizar em 15 de março e se mantém na categoria 1.2 do calendário da União Ciclista Internacional, sendo ainda pontuável para a Taça de Portugal de elite.

A Clássica da Arrábida de 2020 terá a extensão total de 183,1 quilómetros, com partida em Setúbal, às 11:40, passagem por Sesimbra e final em Palmela, na terceira passagem pela meta, prevista para perto das 16:00.

Segundo a FPC, o protocolo dá continuidade ao acordo que permitiu já a realização de três edições da corrida internacional, “que contribui para a divulgação da Arrábida enquanto território privilegiado para a prática de ciclismo em todas as suas vertentes”.

“Estamos empenhados na realização de uma prova de prestígio, conjugando os interesses desportivos com a aposta turística dos três municípios do território da Arrábida”, assinalou o presidente da FPC, Delmino Pereira.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.