Zaya, é um menina transgénero de 12 anos, que nasceu Zion, igual a tantas outras que existem pelo mundo. O que distingue Zaya de outras, é que ela é filha de Dwyane Wade, ex-ídolo da NBA, e uma voz que dada a notoriedade do pai pode servir de bandeira para uma causa.

Zaya deu conta recentemente do seu estado de espírito e como desde há algum tempo se identifica mais com o sexo feminino.

"Qual é o objetivo de tentares ser alguém que não és. (...) É o desígnio mais estúpido que existe para mim. Sê sincero. Não importa qual a forma mais estereotipada de seres tu.", disse Zaya.

Wade, que se retirou da NBA no ano passado, confessou em várias entrevistas que teve que se educar e informar-se sobre a comunicado LGBT, tendo contacto inclusivamente as actrizes de 'Pose', série do Netflix, que trata as dificuldades da comunidade LGBT na cidade de Nova Iorque.

"Quando os nossos filhos nos questionam sobre algo, o nosso trabalho como pais é ouvi-los e dar-lhes a melhor informação e respostas. E isso não muda pelo facto de uma pergunta poder ter a ver com a sexualidade", declarou Wade em declarações ao programa de Ellen DeGeneres.

"Tive que olhar ao espelho e perguntar-me: 'O que é que acontece se o meu filho chegar a casa e dizer que é gay?' Que vais fazer? Como vais atuar? Não se trata dele. Ele sabe quem és. Trata-se de ti. Quem és?", disse o ex-basquetebolista num programa de rádio.

Gabriel Union, esposa de Dwyane Wade, publicou um vídeo de um excerto do discurso da filha, gravado pelo marido.

"Conhece a Zaya. Ela é carinhosa, inteligente e estamos muito orgulhosos dele. Não há problema em ouvir, amar e respeitar os filhos exactamente como eles são. Amor e Luz", escreveu a atriz.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.