O jornalista norte-americano Sam Smith, que acompanhou a equipa dos Chicago Bulls nos anos 80/90, garante que Michael Jordan mentiu "várias vezes" no documentário 'The Last Dance'.

"Há muitas coisas no documentário que, não sei porquê, ou distorceu ou falseou. Não são coisas importantes, mas pareceu-me aqueles filmes para televisão baseados em factos reais. Foi isso, algo baseado numa história real", contou o autor do livro "The Jordan Rules", no programa 'Bonta, Steiny & Guru'.

Smith afirma que o episódio da pizza que terá provocado uma intoxicação alimentar a Jordan "não fez qualquer sentido" e desmentiu a intenção do ex-basquetebolista voltar para os Bulls na temporada de 1998/99.

"Essa foi uma mentira completa e flagrante do Michael", vincou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.