A portuguesa Sara Catarina Ribeiro admitiu, este domingo, estar cada vez mais próxima de cumprir o sonho de estar nos Jogos Olímpicos, depois de ter conseguido mínimos na maratona para Tóquio2020.

"O sonho permanece e está cada vez mais perto", disse a atleta, à agência Lusa, depois de ter sido 12.ª na maratona de Valência, em Espanha, com um tempo de 2:26.40 horas.

A atleta lusa lembrou que "já ambicionava ter ido aos Jogos Olímpicos no Rio, mas não foi possível, devido a uma lesão" que limitou a sua preparação para os 10.000 metros.

"Agora claro que dei um grande passo ao obter esta marca hoje, mas nada garante a minha presença nos Jogos Olímpicos, pois ainda há algum tempo para obtenção de marcas e ainda pode haver mais atletas a fazer melhor marca do que eu", disse Sara Catarina Ribeiro, que, tal como Carla Salomé Rocha, tem mínimos para a maratona, prova em que podem estar apenas três atletas por país.

Sara Catarina Ribeiro retirou mais de três minutos ao seu anterior recorde pessoal, que era de 2:30.10, conseguido em 2016, e tornou-se na nona portuguesa a baixar das 2:27 horas.

"Já vinha a trabalhar para isto há algum tempo. Já tinha trabalhado para esta marca noutras alturas, mas acabou por não sair. Mas finalmente consegui fazer uma marca que acho que se adequa ao trabalho que eu vim fazendo a fazer até hoje", referiu, dizendo que "é sempre bom" estar no top-10 das melhores marcas nacionais.

Para o resto da temporada, Sara Catarina Ribeiro diz que "agora é tempo de recuperar", dizendo que agora quer ajudar o Sporting nos objetivos coletivos, como os Nacionais de estrada no início de 2020.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.