Os campeões europeus de pista coberta Auriol Dongmo, Patrícia Mamona e Pedro Pichardo lideram a seleção portuguesa de atletismo, hoje anunciada, para o Campeonato da Europa de Nações, de 29 a 30 de maio, na Polónia.

Auriol Dongmo, que se estreia na Superliga, sagrou-se este ano campeã europeia do lançamento do peso, enquanto Patricia Mamona, com oito presenças e dois primeiros lugares, e Pedro Pichardo, com uma e um primeiro lugar, também conquistaram o título nos Europeus de pista coberta, no triplo salto.

O lançador Francisco Belo, que ficou em quarto lugar na final do peso nos Europeus de pista coberta, em Torun, na Polónia, com um novo recorde nacional, ao lançar 21,28 metros, e o velocista Carlos Nascimento, quinto nos 60 metros, são outros dos destaques da comitiva lusa.

O selecionador nacional, José Santos, convocou uma equipa que conjuga a experiência internacional dos atletas com um conjunto de jovens promissores, para o objetivo principal de manutenção na Superliga, à qual Portugal ascendeu em 2019, após o triunfo na Primeira Liga (a divisão secundária), na Noruega.

Vânia Silva, com 18 presenças consecutivas no lançamento do martelo, desde 1999, e o regresso da lançadora de disco Liliana Cá, que já representou Portugal em 2008 e 2009, após o que foi substituída por Irina Rodrigues, são outros dos destaques da comitiva de 46 atletas lusos.

Entre as estreantes, além da lançadora campeã europeia de pista coberta Auriol Dongmo, nota para as presenças de Rosalina Santos, Carina Vanessa, Patrícia Rodrigues (velocidade), Lia Lemos e Susana Francisco (meio-fundo).

Entre os homens, estreiam-se na Superliga de Silésia, na Polónia, Abdel Larrinaga (barreiras), Raidel Acea, Rafael Jorge (velocidade), Edujose Lima, Ruben Antunes (lançamentos), Vitor Korst (saltos) e Etson Barros (meio-fundo).

Esta é a terceira participação de Portugal no grupo de elite do atletismo europeu, após a Superliga ter sido criada, em 2009 (em Leiria, com 12 países), e em 2011 (após a subida em terceiro lugar na Primeira Liga) fazendo agora a estreia na competição desde que passou a disputar-se com apenas oito seleções.

- Lista de 46 convocados:

Anabela Neto (Sporting), Auriol Dongmo (Sporting), Carina Vanessa (Sporting de Braga), Catarina Lourenço (Benfica), Cátia Azevedo (Sporting), Cláudia Ferreira (Sporting), Dorothé Évora (Sporting), Evelise Veiga (Sporting), Joana Soares (Jardim da Serra), Lia Lemos (Maia AC), Liliana Cá (Novas Luzes), Lorene Bazolo (Sporting), Marta Onofre (Sporting), Olímpia Barbosa (Sporting), Patrícia Mamona (Sporting), Patrícia Rodrigues (GA Fátima), Rivinilda Mentai (Benfica), Rosalina Santos (Sporting), Salomé Afonso (Sporting), Susana Francisco (Sporting de Braga), Vânia Silva (Sporting), Vera Barbosa (Sporting), Abdel Larrinaga (GD Estreito), Carlos Nascimento (Sporting), Delvis Santos (Benfica), Diogo Antunes (Benfica), Diogo Ferreira, (Benfica), Diogo Mestre (ADR Água de Pena), Edujose Lima (Sporting), Etson Barros (Benfica), Francisco Belo (Benfica), Frederico Curvelo (Benfica), Isaac Nader (Benfica), Ivo Tavares (Benfica), João Coelho (Benfica), Leandro Ramos (Benfica), Mauro Pereira (CPT Sobral de Ceira), Nuno Pereira (Sporting), Pedro Pablo Pichardo (Benfica), Rafael Jorge (Benfica), Raidel Acea (Benfica), Ricardo dos Santos (Benfica), Rúben Antunes (Sporting), Samuel Barata (Benfica), Tiago Luís Pereira (Sporting) e Victor Korst (Benfica).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.