A judoca Patrícia Sampaio, que hoje deslocou o ombro direito nos Europeus em Sófia, quando disputava as meias-finais em -78 kg, lamentou uma nova lesão e a oportunidade perdida para chegar às medalhas.

“Estava a perder nos quartos por dois 'shidos' e consegui dar a volta, no primeiro também perdia por um e dei a volta e aqui estava a perder por waza-ari, mas sentia que o combate ainda podia ser meu e podia sair daqui com uma medalha, hoje acreditava muito que seria possível”, sublinhou a judoca de Tomar.

Patrícia Sampaio caiu agarrada ao braço direito quando tentava o acesso à final diante da neerlandesa Guusje Steenhuis, com uma lesão que se percebeu não ser menor e que obrigou a uma ida ao hospital de Sófia.

“Conseguiram por o ombro no sítio, imobilizar, fiz um raio-x e estava ok, agora é esperar chegar a Portugal para fazer outros exames”, revelou a judoca, já à chegada ao hotel onde a seleção está instalada, com o ombro enfaixado.

Esta é a terceira lesão que a judoca sofre numa grande competição, depois de em 2020 ter fraturado a perna no Grand Slam de Budapeste e já em 2021 nos Europeus de Lisboa, onde regressava, ter tido uma rotura muscular.

Patrícia Sampaio, que foi, ainda assim, quinta – sem comparecer ao combate com a francesa Madeleine Malonga, para o qual teoricamente seria relegada, na discussão do bronze -, lamentou o novo infortúnio.

A situação aconteceu já perto do meio do combate, numa tentativa de chave ao braço, que Patrícia inicialmente não sentiu em todo o seu impacto, mas apenas uns segundos mais tarde, em novo movimento do seu braço direito.

“Fizemos um movimento em que caí, fomos para o chão, ela tentou fazer uma chave, aí senti alguma dor, mas não achei nada de especial e continuei a combater e, depois, foi num movimento normal, tentar a saída do domínio dela, senti qualquer coisa no ombro, ouvi estalar e tive dores”, lembrou.

Nos Europeus de Sófia, em que Portugal competiu com 11 judocas, Catarina Costa foi a única medalhada, com a judoca de Coimbra a ser medalha de prata em -48 kg.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.